Violência do Estado contra manifestantes e repórteres atenta contra o Estado Democrático e de Direit

comune.info.net (...) A liberdade, democracia e os direitos humanos, não podem ser ignorados pelo Estado, seja através dos seus agentes de segurança, ou de medidas coercitivas imanadas dos governantes. Essas ações ferem princípios de lei e causa forte lesão a estabilidade social. O Artigo 5º da Carta Magna protege a pessoa e garante a liberdade de expressão. Roberto Monteiro Pinho – presidente da Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI. Banco de estudos e Pesquisas da ANIBRpress Os inúmeros casos de violência contra manifestantes, repórteres e jornalistas, jpa não são mais tolerados, eis que fere princípios da Liberdade de Expressão, Direitos Humanos e a Estado Democrático e de

Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial que mais matou jornalistas

revoltatotal.com Com quatro jornalistas mortos este ano, o Brasil é o segundo país do mundo que mais matou esses profissionais em 2016, ficando atrás apenas do México, que contabiliza 12 mortes, e empatado com o Iraque (4 mortes). NOTA DA ANI – (...) Existe uma incompreensão dos órgãos de polícia quanto á atuação dos jornalistas independentes e ainda a intransigência desses atores, fortemente armados, mesmo com profissionais da grande mídia. Estamos preocupados em sedimentar uma política através do diálogo e levar as autoridades o quanto se faz necessário a presença desses profissionais nos eventos que gerem notícias. Os números são altos, só no Brasil desde 2012 foram 12 casos de mortes. O

Desemprego continuará Crescendo no mundo inteiro, diz OIT.

Foto: Tiago Santos AFP Desemprego: 2015 acabou com 197,1 milhões de pessoas sem trabalho, 27 milhões a mais que antes da crise de 2007. Da agência EFE Genebra - O desemprego seguirá crescendo no mundo tanto em 2016 como em 2017, segundo os últimos cálculos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que estima que no final desse ano haverá quase 200 milhões de desempregados. A OIT apresentou seu estudo anual "Perspectivas Sociais e do Emprego no Mundo: Tendências 2016", no qual tenta analisar as tendências dos mercados de trabalho. Segundo suas próprias estatísticas, 2015 acabou com 197,1 milhões de pessoas sem trabalho, 27 milhões a mais que antes da crise de 2007. Os economistas da OIT

Crime de desacato a autoridade é incompatível com Convenção Americana de Direitos Humanos, defende M

unfpa.org.br Na vanguarda dos Direitos Humanos e da Liberdade de Expressão a Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI hipoteca apoio ao Ministério Público Federal pela defesa da cidadania. Neste sentido a ANI está entrando com uma Nota Técnica no AREsp 850.170/SP. Publicado originalmente por Ministério Público Federal. O Ministério Público Federal (MPF) quer que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) discuta a aplicação da Convenção Americana sobre os Direitos Humanos em casos que envolvam a conduta de desacato a autoridade. Para o órgão, a norma prevista no Código Penal brasileiro é incompatível com a convenção (Pacto de San José da Costa Rica) e visa silenciar ideias e opiniões

Posts Em Destaque
Arquivo

Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI
anicomunicacao@gmail.com | @anibrpress
Rua Santa Luzia, 776 Gr. 903 | Rio de Janeiro / RJ - BRASIL

Copyright © ANIBRASIL.ORG.BR - 2015-2020 

All rights reserved.

Editor: Roberto Monteiro Pinho