UM NOVO ANO SE INICIA, COM RENOVADA ESPERANÇA, PLENA SAÚDE, E A CONVICÇÃO DE ALCANÇAR METAS, COM TO

SÃO OS VOTOS DA ANI... arquivo/ANIBRPress (...) Os Direitos Humanos, Liberdade Expressão, a Defesa do Marco Liberatório da Internet, da Mídia livre nas redes sociais, o devido processo legal e o respeito à Constituição Brasileira, entre outros, são temas que alicerçam nosso compromisso. Ninguém cessará os olhos vigilantes do jornalismo autêntico A Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI, apresenta seus efusivos votos de Feliz Ano de 2017, reiterando o elo com os profissionais do universo da comunicação com irreversível e irretratável compromisso que norteia nossa instituição e a sociedade brasileira nos temas que é defeso de todos. Os Direitos Humanos, Liberdade Expressão, a De

Mensagem de Natal

Aos confrades e seus familiares. “Que o espírito natalino no âmago de seu princípio de amor, traga aos nossos corações a fé inabalável dos que acreditam em um novo tempo de igualdades, pacificação, respeito à cidadania, e de grandes conquistas sociais. Boas Festas” ASSOCIAÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL DE IMPRENSA – ANI Roberto Monteiro Pinho Presidente

Dia Internacional dos Direitos Humanos

“A Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, é o primeiro documento a fixar internacionalmente uma relação de direitos pertencentes tanto a homens quanto a mulheres, independente de classe social, raça ou faixa etária. Os direitos humanos podem ser resumidos de uma forma bem simples – direitos à vida, à integridade física e moral, à igualdade, à liberdade de pensamento, de expressão, de reunião, de associação, de manifestação, de culto, de orientação sexual, à felicidade, ao devido processo legal, à objeção de consciência, à saúde, educação, habitação, lazer, cultura e esporte, trabalhistas, ao meio ambiente e do consumidor. Sendo assim, quando em junho de 2013, milhões de pessoas

MANIFESTO DA ANI- Lei do Direito de Resposta.

A Associação Nacional, Internacional de Imprensa – ANI, no momento em que “O Direito de Resposta” ainda se encontra na Pauta do Superior Tribunal Federal (STF), entende que seu texto merece reparos, e ainda que se impeça a manipulação do seu conteúdo em face de injunções da mídia hegemônica. O direito de resposta passou a ter um alicerce único, encontrado no artigo 5.º, inciso V, texto que integra o rol dos direitos fundamentais da Constituição Federal. A nova Lei de Direito de Resposta e Retificação (Lei 13.188/2015), que entrou em vigor no último dia 12 de novembro de 2015, visa superar o vazio legislativo que a ADPF 130, julgada pelo STF, acabou por ocasionar ao decidir pela não recepção,

OAB atuou como amicus curiae no TRF1 defendendo jornalista e o sigilo da fonte como direito da impre

brasil247 (...) “No momento que mais combatemos a corrupção e outros crimes, não podemos aceitar que se cometam outros crimes. Se não respeitarmos o sigilo da fonte, seguramente não teremos neste país uma imprensa que seja fonte de informações”, (Carlos Lamachia – Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil-OAB). Núcleo ANIBRPress NOTA DA ANI – O sigilo da fonte é um instituto essencial para que fatos importantes sejam revelados para a sociedade, através dos meios de comunicações. Um dos princípios da Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI foi o de estreitar a relação com a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB em prol das prerrogativas. O enlace está sendo profícuo e oportuno, no

Posts Em Destaque
Arquivo

Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI
anicomunicacao@gmail.com | @anibrpress
Rua Santa Luzia, 776 Gr. 903 | Rio de Janeiro / RJ - BRASIL

Copyright © ANIBRASIL.ORG.BR - 2015-2020 

All rights reserved.

Editor: Roberto Monteiro Pinho