Carnaval carioca enfrenta a crise e promete brilho, cores e alegria

February 3, 2017

arquivo
 

(...) A Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI, a exemplo do que ocorreu nas Olimpíadas Rio 2016, participa com sua equipe de associados -dezenas de comunicadores na cobertura completa do Carnaval Carioca. “A entidade está comprometida com este memorável evento, que traz divisas, gera emprego e dá ao Brasil uma visibilidade no exterior, mostrando o comprometimento do povo brasileiro com os ideais de cultura e superação” – Roberto Monteiro Pinho – Presidente.


ANIBRPress


Em 2017, o Carnaval começa um pouco mais tarde do que o ano passado. Será no dia 28 de fevereiro. As comemorações acontecerão do dia 25 (sexta­-feira) até o dia 1º de março, a quarta­-feira de cinza. O seu ponto alto é o Desfile das Escolas de Samba que acontece no Sambódromo, e será assistido por milhares de pessoas, e milhões de telespectadores por todo mundo, se constituindo em um dos maiores eventos do universo.


Os festejos de Momo (como é conhecido na sua origem) movimenta a cidade, atrai milhões de turistas, e se constitui num patrimônio cultural e de grande valia para o desenvolvimento turístico da cidade do Rio de Janeiro.


Este ano a exemplo do que ocorreu em 2016, o Carnaval enfrenta forte crise e os gastos estão sendo o mínimo possível, numa disputa que nenhuma das Escolas quer perder, e corre atrás do sonho dos passistas em ver a sua Escola Campeã do Carnaval.


Criatividade Para superar a crise econômica


Os efeitos da crise econômica, desestruturou as Escolas de Samba. Empresas e governos, estadual e federal diminuíram ou até mesmo cortaram custos com o desfile na Sapucaí. A improvisação e a criatividade é o forte deste ano, e por isso, deve superar a expectativa e trazer com brilho, cores e alegria a força deste movimento cultural, que é uma identidade do povo carioca. Os materiais usados para as alegorias e fantasias, trouxeram um alento, com a iniciativa do comércio que está com ofertas nas lojas de produtos especializados.


Liesa e Riotur esperam 1 milhão de turistas


A Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI, a exemplo do que ocorreu nas Olimpíadas Rio 2016, participa com sua equipe de associados - dezenas de comunicadores na cobertura completa do Carnaval Carioca. “A entidade está comprometida com este memorável evento, que traz divisas, gera emprego e dá ao Brasil uma visibilidade no exterior, mostrando o comprometimento do povo brasileiro com os ideais de cultura e superação” – Roberto Monteiro Pinho – Presidente.


Por trás desta grande festa, está as organizações:  a Liga das Escolas de Samba –LIESA (privada) e a RIOTUR (pública). A cidade deve receber cerca de 1 milhão de turistas para o Carnaval, que vão deixar bilhões na economia. Centenas de sites, blogues sugerem roteiros, vendem ingressos, camarotes do sambódromo, e dos bailes que estão previstos por toda cidade. Um dos mais visitados é o site: http://www.rio-carnival.net/


Matéria do Núcleo de Conteúdo ANIBRPress

 

Please reload

Posts Em Destaque

Lei das Fake News: retrocesso editorial ou a censura dos que temem a verdade?

July 10, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 26, 2020

March 20, 2020

Please reload

Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI
+55 21 99653-0259 | anicomunicacao@gmail.com | @anibrpress
Rua Santa Luzia, 776 Gr. 903 | Rio de Janeiro / RJ - BRASIL

Copyright © ANIBRASIL.ORG.BR - 2015-2018 

All rights reserved.

Editor: Roberto Monteiro Pinho