Carnaval carioca reuniu 451 Blocos, e 50 Bandas, para animar a maior festa popular do planeta.

February 20, 2017

 arquivo


ANIBRPress
 

(...) “O Carnaval se constituiu uma festa popular inigualável. Podemos avaliar que é utilizado por muitos como, válvula de escape para a crise aguda que assola o país. A Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI está participando deste evento, que significa um meio de liberdade de expressão do povo brasileiro. Reunimos 30 jornalistas e fotógrafos cobrindo os acontecimentos, para prestigiar essa grande festa”, Roberto Monteiro Pinho - Presidente.
 

De acordo com o boletim (Visit.Rio – Riotur), 451 blocos estavam inscritos para o total de  578 desfiles pelas ruas da cidade durante o período de folia.
 

De acordo com o site do Riotur, no sábado dia 18, cerca de 50 blocos se apresentam em diversos pontos da cidade. A partir das 7h, o Céu na Terra anima o Largo dos Guimarães. Haverá interdições no entorno. Ainda no período da manhã, o Imaginô? Agora Amassa promete levar mais de 10 mil pessoas às ruas do Leblon. Ainda na Zona Sul, os desfiles dos Bloco dos Mendigos e do Xupa Mas não baba. Na Zona Oeste, foi a vez da Banda do Pechincha e do Bloco D´Samba. À tarde, o grande esperado é o Simpatia é quase amor, em Ipanema. O Bloco Brasil, no Leme; e Banda Hadock, na Tijuca; também estão entre os preferidos dos foliões.
 

Zona sul
 

A Zona Sul recebe o Chora Me liga, em Copacabana, Gigantes da Lira, em Laranjeiras, Suvaco de Cristo, no Jardim Botânico, Empolga às 9h, Se não quiser me dar, me empresta, em Ipanema; Larga onça, Alfredo, em Laranjeiras. E, é claro, que a Zona Oeste não ficaria de fora da folia. A Banda da Barra anima os foliões na Avenida Lúcio Costa, das 13h às 19h; e Tamo Junto In Folia, em Padre Miguel, das 14h às 20h; entre outros. (via Riotur).
 

Domingo de muita euforia em Copacabana
 

Os carnavalescos participaram efusivamente no carnaval de rua, que reuniu quase meio milhão de (anunciavam os organizadores nos Trio Elétricos), na Avenida Atlântica em Copacabana - zona sul da cidade. Na Barra da Tijuca a festa não teve hora para acabar, um enorme concentração de foliões que pode chegar a 500 mil.
 

Nota da ANI
 

“O Carnaval se constituiu uma festa popular inigualável. Podemos avaliar que é utilizado por muitos como, válvula de escape para a crise aguda que assola o país. A Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI está participando deste evento, que significa um meio de liberdade de expressão do povo brasileiro. Reunimos 30 jornalistas e fotógrafos cobrindo os acontecimentos, para prestigiar essa grande festa”, Roberto Monteiro Pinho - Presidente.


Núcleo de Conteúdo ANIBRPress
 

Please reload

Posts Em Destaque

Direito de Resposta: um tema que precisa ser adequado a nova realidade global

September 2, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 26, 2020

Please reload

Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI
anicomunicacao@gmail.com | @anibrpress
Rua Santa Luzia, 776 Gr. 903 | Rio de Janeiro / RJ - BRASIL

Copyright © ANIBRASIL.ORG.BR - 2015-2020 

All rights reserved.

Editor: Roberto Monteiro Pinho