CENSURA: ANI/CEVRJ e OABRJ debateram a Liberdade de Imprensa


(...) O evento contou com os convidados, Sidney Rezende, jornalista, Wanderley Rebello, jurista, criminalista, escritor e presidente da CEVRJ, Cláudia Cataldi, jornalista e cientista política, Cadu Freitas, jornalista e comunicador, Antonio Rangel, jornalista e diretor de Mídia da ANI, Paulo Maltz, diretor de comunicação do IAB e o jornalista, escritor e presidente da ANI, Roberto Monteiro Pinho. Crédito: ANIBRPress

A Liberdade de Imprensa foi tema do debate realizado pela Associação Nacional e Internacional de Imprensa ANI, a Comissão de Enfrentamento da Violência contra Repórteres, Jornalistas e Afins – CEVRJ e a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB – Seccional do Rio de Janeiro, no dia 23 de julho.

No Brasil 60 mil profissionais de mídia estão sob constante ameaça

Os palestrantes pontuaram as questões da liberdade de expressão e de imprensa, focado nos episódios que marcam o sinuoso crescimento da violência e da censura imposta a jornalistas, que na última década só no Brasil atingiram mais de 60 mil profissionais de mídia. São titulares de sites, blogues, jornais e revistas eletrônicas e a mídia alternativa. Outra questão amplamente discutida, foi a liberdade das redes sociais, fenômeno que engloba 2,2 milhões de internautas e assinantes de WhatsApp no planeta.