CENSURA CRUEL A UM ÓRGÃO DE IMPRENSA, REMETE O PAÍS DE VOLTA A DITADURA COM O STF NO TOPO DOS ACONTE


cafenobule.com

“O mal que se faz a um, se faz a todos” – Roberto Monteiro Pinho – Presidente da Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes de determinar à revista Crusoé a retirada do ar, da reportagem sob o titulo “O amigo do amigo de meu pai”. O ato autoritário e violador do preceito Constitucional sobre a Liberdade de Imprensa, do ministro se estendeu ao site O Antagonista.

Os fatos

A reportagem trata de um suposto codinome dado ao presidente do STF, Dias Toffoli, na lista do “departamento de propinas” da Odebrecht. Segundo a Crusoé, o ministro seria o “amigo do amigo do meu pai”.

O codinome “Amigo do meu pai” já tinha sido revelado a